Segurança é o nosso negócio. Ligue: (43) 3528-1420

Período de férias exige cuidados com a segurança das residências

Período de Férias exige cuidados coma a Segurança das Residências.

ferias

Especialistas em segurança  aconselham que moradores sigam dicas simples e sejam discretos nos comentários para evitar dores de cabeça, como furtos e invasões.

 

Uma das saídas é investir em aparelhos de acendimento automático de luzes. A tecnologia propicia que as lâmpadas acendam e apaguem em período determinado.

 

O correto é utilizar o máximo de recursos possíveis para proteger o imóvel. Começando pelos razoáveis níveis de proteção, com os portões sólidos e muros que dão a proteção física. O ideal é que também seja adquirido algum tipo de alarme, que podem variar desde os mais simples e que disparam sinal sonoro para assustar o bandido ou até mesmo aqueles que acionam uma central da empresa de segurança.

 

O preço dos alarmes varia de acordo com a sofisticação do aparelho, mas há opções a partir de R$ 100. Para quem não quer perder a casa de vista durante a viagem, uma opção pode ser a instalação de câmeras de segurança 24 horas, com a opção do envio de imagens para o tablet ou celular do proprietário.

 

Outra indicação é examinar os pontos vulneráveis da residência e, se possível, instalar travas e correntes em portões e janelas.

 

Dificulte o acesso ao interior de sua residência trancando as portas de todos os cômodos e recolhendo as chaves. Não deixe joias ou dinheiro dentro de casa, use o cofre de algum banco.

 

Uma prática comum utilizada pelas pessoas é deixar a luz da residência acesa para parecer que alguém está em casa. No entanto, fica um alerta. A luz acesa acaba denunciando que aquele local não está habitado, principalmente durante o dia.

 

Para quem mora em prédios ou condomínios acaba tendo vantagens por causa do rateio do custo de segurança, como cercas, sistema de câmeras e portaria com controle de acesso. Porém, até mesmo esse morador precisa ter alguns cuidados. Nunca deixe a chave na portaria, a menos que o prédio tenha essa norma. Também é bom investir em fechaduras mais resistentes. Além disso, não falar das suas posses ou contar para onde vai viajar para pessoas que não conhece, até mesmo não comentar dentro do hall ou elevador.

 

Fonte: Comando Norte

 

 

 

Gostou? Então compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *